Postado em 15/06/2016 00:00:00

Quilo do feijão a R$ 10 assusta consumidor

Levantamento feito pela reportagem aponta que, além do feijão que subiu 45%, o arroz também foi reajustado em mais de 10%.

Um dos principais produtos da mesa do brasileiro sofreu alta em torno de 45% nos últimos dias e está assustando o consumidor redencense. O feijão que custava R$ 6 saltou para R$ 10 o quilo neste mês de junho. “A carne com preço alto a gente substitui, mas o feijão é difícil”, comenta a dona de casa Maria Teresa do Rosário, moradora do setor Santos Dumont.

 

Como se não bastasse, levantamento feito pelo Nosso Jornal nos principais supermercados de Redenção, mostra que o preço do arroz também teve aumento de mais de 10% neste mês.

O Tio Urbano que custava R$ 10 subiu para R$ 15, pacote de 5 quilos.

E o preço do feijão ainda vai subir consideravelmente nos próximos dias. Fatores climáticos levaram a uma quebra da safra nas principais regiões produtoras do País e fez o produto ficar escasso no mercado.

Veroni Baldissera, responsável pelo setor de compras da Agronegócio Baldissera, de Realeza (PR) relata que houve uma quebra muito grande na safra de feijão em Goiás.

Outro detalhe, segundo ele, é que a safrinha de feijão no Sudoeste foi muito menor, porque os produtores optaram pela segunda safra de soja ao invés do feijão.

 

(João Lopes)

Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90