Postado em 22/06/2016 00:00:00

Celpa alerta que famílias podem perder descontos na energia

A cada dois anos beneficiários devem atualizar seus dados no NIS. O benefício pode gerar uma economia de mais de R$ 400 por ano na conta. O Tarifa Social concede descontos de 10% a 65% ao beneficiário

A Centrais Elétricas do Pará (Celpa) alerta que 53 mil famílias em todo o estado podem perder o benefício do Programa Tarifa Social de Energia Elétrica no final deste mês de junho. Os usuários que possuem este benefício precisam atualizar os dados sociais do Cadastro Único (CadÚnico) junto aos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS).

 

O Tarifa Social concede descontos de 10% a 65% e de acordo com a Celpa, os dados do CadÚnico precisam ser atualizados a cada dois anos pelos beneficiários, até para que continuem usufruindo de outros programas sociais oferecidos à população de baixa renda.

Segundo dados da Celpa, o benefício da Tarifa Social é capaz de alavancar uma economia de mais de R$ 400 durante o ano. Em uma conta de energia cujo consumo contabilizado seja de 230kW, a economia chega a ser de R$ 42,85 por mês. Anualmente, isso chega a R$ 514,20. Já em uma família que o consumo é de 123kW, a economia mensal será de R$ 40,15. No final de 12 meses, é uma enxugada de R$ 481,80 no orçamento familiar.

Para saber se é preciso realizar a atualização do Cadastro Único, os cidadãos devem ligar para a central de relacionamento do Ministério do Desenvolvimento Social, pelo número 0800 707 2003. Caso não estejam atualizados, devem procurar o CRAS. Após a atualização, é só entrar em contato com a Celpa pelo 0800 091 0196 e informar a atualização.

Se o cliente a inda não for beneficiário e possua o NIS (Número de Identificação Social), ele pode ligar para a central de atendimento da empresa ou ir até uma agência de atendimento da Celpa inscrever-se no Programa Tarifa Social.

 

 

Fonte: (G1/PA)
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90