Postado em 22/01/2018 22:30:00

Fuzil de uso exclusivo das Forças Armadas é apreendido com quadrilha em Marabá

A arma foi apresentada na manhã desta segunda-feira, 22, na Delegacia Geral da Polícia Civil em Belém. A destinação do equipamento era para assaltar carros-fortes no Pará e Maranhão.

ois acusados de pertencerem a uma quadrilha que roubava carros-fortes na região sudeste do Pará, presos na última sexta-feira (19) em Marabá, foram transferidos nesta segunda-feira (22) para Belém. Com a dupla, foi apreendido um fuzil ponto 50, de uso exclusivo das Forças Armadas. A arma foi apresentada na Delegacia Geral da Polícia Civil.

O armamento foi criado pelos Estados Unidos para neutralizar ataques aéreos e destruir carros blindados em guerras no Afeganistão e no Iraque. Aqui no Pará e Maranhão, estava sendo utilizado pelos criminosos para assaltar carros-fortes. “É uma arma de guerra. O que chama a atenção é o poder de fogo, tanto que ultrapassa (perfura) blindados como também instalações de concreto. Então é uma arma bastante poderosa”, disse o Delegado Geral, Rilmar Firmino.

Segundo a polícia, Alexsandro da Costa Souza e Josiel Oliveira Costa são responsáveis aos ataques a dois carros fortes na BR-155, em novembro de 2017. Os veículos seguiam de Marabá para Eldorado dos Carajás, no sudeste do estado. “Primeiro efetuamos a prisão do Alexsandro. Ele estava com munição de 7.62 e conseguimos identificar a casa onde estavam os demais do grupo. E no momento da abordagem, quando passamos pelo portão frontal da residência, os criminosos já estavam posicionados encima do muro de trás armados de fuzil calibre 762 e atirando contra os policiais. E houve uma intensa troca de tiros nesse momento", detalhou Ricardo do Rosário, diretor da Divisão de Repressão a Roubos e Furtos da Polícia Civil.

De acordo com a polícia, após a prisão de Alexsandro e o depoimento de um dos vigilantes que foram vítimas de um dos assaltos ao carro-forte, os bandidos foram identificados e encontrados por conta do uso do armamento de guerra. "O armamento utilizado e relatado pelo vigilante é o mesmo armamento apreendido em Marabá. E uma parte da quadrilha é oriunda daquele estado, dos municípios que foram atacados", contou Evandro Araújo, diretor da Divisão de Repreensão ao Crime Organizado.

https://g1.globo.com/pa/para/noticia/fuzil-de-uso-exclusivo-das-forcas-armadas-e-apreendido-com-quadrilha-em-maraba.ghtml

Fonte: G1/PA
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90