Postado em 03/02/2018 19:20:00

Prefeito Iavé faz desabafo e fala até em renúncia

O prefeito de Redenção, Carlo Iavé, desde que assumiu a prefeitura em 2016 tem feito um esforço enorme para reconstruir o município.

Com a morte de Vanderlei Coimbra, Iavé assumiu a prefeitura endividada e com muitos problemas e desde então deixou suas empresas em segundo plano para se dedicar a buscar soluções e colocar o município no rumo do desenvolvimento. Em apenas três meses com sua experiência administrativa ele sanou as principais dívidas da prefeitura com o funcionalismo público e com fornecedores e desde então paga rigorosamente em dia e às vezes até adiantado.

O que o prefeito não esperava era que a tarefa seria muito complexas em virtudes de severas perseguições que ele enfrentaria por parte de pessoas ligadas a oposição. A maior parte do seu tempo que poderia estar sendo dedicado a viabilizar os grandes projetos para alavancar o município, o prefeito acaba tendo que ficar se defendendo de acusações formalizadas pela oposição no Ministério Público.

Esta semana, depois de ter seus bens bloqueados pela justiça outra vez, Iavé fez um grande desabafo e falou sobre renúncia: “Estou tendo a paciência necessária, mas não é fácil, você ter seu nome exposto como ladrão e bandido no Estado todo e até no Brasil é muito ruim, mas está nas mãos de Deus”. Em outro trecho da gravação, Iavé diz: “Está nas mãos de Deus, eu tenho certeza que saídas existem até porque eu não fiz nada, eu não tenho a coragem de fazer o que estão querendo impor, eu jamais faria isto, não preciso disto, é lamentável, claro que às vezes dá vontade de desistir, renunciar, parar com isso, eu não preciso disso, eu não preciso estar passando por essa humilhação toda”.

Na sequencia Iavé ressalta que está no cargo porque Deus permitiu e que ainda tem três anos para cumprir. Ele acredita piamente que as acusações que pesam sobre ele cairão por terra nos próximos meses porque não são verdades.

Iavé garante que tem feito muitas economias e que vem fazendo o melhor para Redenção. Para ele os oposicionistas deveriam era condecorá-lo pelo que ele tem feito pelo município e não ficar tentando atrapalhar.  As denúncias feitas pela oposição tem atrapalhado muito o trabalho do gestor. Em dois anos de gestão, Iavé enfrentou muitas turbulências, mas garante que não vai desistir e que o desenvolvimento de Redenção continuará sendo sua prioridade.

 

Da Redeção

Fonte: Da Redação
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90
Publicidade
250 x 90